domingo, 22 de janeiro de 2017

Passeio Fotográfico em Viana do Alentejo












Em 10JUL16, o Projeto Alcáçovas Outdoor Trails organizou mais um Passeio Fotográfico Gratuito, desta vez em Viana do Alentejo.
Durante a manhã, fotografámos as ruas da vila, o seu Castelo e Igreja Matriz, a Taberna do Fava, além de visitarmos o Turismo Rural "Casa de Viana". Depois, para terminar, fomos ao Santuário de Nª Sra d'Aires, onde fizemos um picnic de convívio.
Com 10 participantes, vindos de localidades tão diversas como Montemor-o-Novo, Évora ou Reguengos de Monsaraz, este passeio fotográfico saldou-se num enorme manancial de novas fotos, que serão vistas por centenas ou milhares de pessoas e constituirão, sem dúvida, um forte apelo a que, num futuro próximo,  outros venham visitar Viana do Alentejo.

sábado, 21 de janeiro de 2017

De Marvão a Castelo de Vide...

















De Marvão a Castelo de Vide distam cerca de 10 Kms, sendo um percurso magnifico para pedestrianistas e cicloturistas.
Hoje partilhamos convosco algumas fotos desse trilho, captadas numa caminhada organizada pelos nossos compadres e amigos de Badajoz, o grupo senderista "Repechin".
Também aqui deixamos dois links importantes, a ficha técnica deste percurso, (em PDF) e a descrição do mesmo, muito bem feita, num blogue pedestrianista:
http://www.castelodevide.pt/turismo/docs/doccmcv27497268355693bae47af49.pdf
https://contramapa.com/2015/12/15/a-visitar-marvao-e-castelo-de-vide-na-serra-de-sao-mamede/
Fotos da autoria da nossa comadre e amiga Consola Franco Riola.

sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Conventinho do Bom Jesus da Mitra (Valverde)








Este monumento responde por várias designações, entre elas Antigo Convento do Bom Jesus da Ordem dos Capuchos, Mitra de Valverde, Colégio da Mitra e hoje em dia até como Polo da Mitra da Universidade de Évora. Está situado na encantadora localidade de Valverde, pertencente ao concelho e distrito de Évora, em pleno coração da vasta região Alentejana.

Este complexo monástico foi edificado em meados do século XVI pela diocese de Évora que instituiu por estas datas uma quinta com paço episcopal. O primeiro Arcebispo de Évora, Infante Dom Henrique terá fundado o convento para a ordem dos Capuchos que aqui se instalou em 1517.

A Herdade da Mitra viu algumas das suas características alteradas com o tempo, mas merecem destaque ainda hoje a Capela do convento, considerada um exemplo perfeito de micro-arquitectura renascentista, atribuída a Miguel de Arruda, com planta em cruz grega e com três importantes painéis encomendados pelo futuro Cardeal D. Henrique, figurando um Presépio, um Calvário e uma Ressurreição de Cristo, da autoria do prestigiado pintor Gregório Lopes, datadas de 1544 / 45.
Do edifício do Convento original restam ainda diversos vestígios arquitectónicos, alguns deles Manuelinos, mas também diversos elementos posteriores de obras dos séculos XVII e XVIII.
O Claustro, de planta quadrada e estilo Clássico merece também destaque pela beleza e paz de espírito que ainda transmite, com traço de Manuel Pires.
O “Jardim de Jericó” conserva ainda muitas das estruturas construídas entre os séculos XVI e XVIII, destacando-se o monumental aqueduto, o poço-cisterna “Casa da Água” e o tanque circular ou “dos Cardeais”.

Após a extinção das Ordens Religiosas, em meados do século XIX, aqui foi instalado um Posto Agrário e a Escola Prática de Agricultura, funcionando hoje aqui o Polo da Mitra da Universidade de Évora que alberga uma herdade experimental para estudos agrários e biológicos.

Texto copiado do site: https://www.guiadacidade.pt/pt

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Azulões...







Pois é, compadres...
Estamos a ser invadidos por uns simpáticos ciclopes azuis...
Agora há destes Azulões por todo o lado no nosso quintal...
E, ao contrário dos Pokémons, não é necessário ter Ipods para os apanhar...
Pintados á mão com pedras oriundas da Ribeira de Alcáçovas, são um produto artesanal "Made in Alentejo" ...

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Praia e Lagoa de Melides








Praia de extenso areal equipada com apoio de praia, restauração e estacionamentos, bem como condições de excelência ao nível ambiental e acessibilidades, tendo sido estas reconhecidas com atribuição dos galardões Bandeira Azul, 
Praia Acessível e Qualidade de Ouro. 
A sul da frente de praia encontram-se formações dunares com flora endémica e classificada e a norte arribas de arenitos proporcionando conjugações paisagísticas e ambientais de elevado interesse.
As características do mar e da linha de costa permitem a prática de variadas atividades desportivas, de entre elas o surf ou bodyboard, durante praticamente todo o ano.
Nas imediações da praia surge uma lagoa (Lagoa de Melides), que se prolonga até à aldeia de Melides através de extensos arrozais e pequenas ilhas onde a riqueza da flora e da fauna garantem atividades como bird watching, canoagem ou passeios pedestres.
Informação: www.cm-grandola.pt


terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Projeto Alcáçovas Outdoor: A caminhar no Alentejo Central desde 2011...














14JAN7- Caminhada Gratuita de Divulgação do Projeto Alcáçovas Outdoor Trails
Aguiar-S. Bartolomeu do Outeiro- Aguiar.
21 Kms - 32 Participantes
https://pt.wikiloc.com/wikiloc/view.do?id=16126863

Fotos gentilmente cedidas pelo nosso compadre e amigo Mário Quinta e pela nossa comadre e amiga Rosinda Louro.

Sendo um núcleo autónomo da Associação dos Amigos das Alcáçovas, o Projeto Alcáçovas Outdoor Trails tem como missão principal a divulgação de percursos pedestrianistas existentes em todo o concelho de Viana do Alentejo, assim como nos concelhos limítrofes, dando a conhecer aos visitantes ecoturistas a riqueza natural, paisagística, gastronómica e patrimonial das nossas vilas. Existe desde 2011 e é apoiado ativamente desde 2012 pela Câmara Municipal de Viana do Alentejo e Juntas de Freguesia de Alcáçovas, Viana do Alentejo e Aguiar, além das parcerias constituídas com outras Entidades e Associações, Turismos Rurais, Grupos pedestrianistas e Empresas Turísticas diversas.