quinta-feira, 1 de maio de 2014

Ovibeja 2014

Nos inícios do século XX, a feira anual de Beja, realizada em Agosto, era o grande acontecimento da cidade. Localizando-se nos terrenos actualmente ocupados pelo Liceu, a feira era uma mistura de mercado de gado e mercado geral:
"Toda a gente beneficiava com esta parada de forças que levava uma ano inteiro a pronunciar-se. Aqui afluíam as barracas de tiro, as diversões mais exóticas e galhofeiras, desde os 'clowns' dos circos à mulher aranha; os leilões de louças, faziam-se no meio da algazarra dos pregões e do bater estrídulo das latas; os tambores rufavam nos estrados das barracas de variedades; o homem da água, ajoujado com a sua bilha de barro, desafiava a sede dos feirantes; a balança americana media a potência dos músculos; e os fotógrafos, com as suas objectivas volantes, reproduziam a máscara das moçoilas e dos rapazes das aldeias, que aqui vinham mostrar-se à confusão labiríntica destes dias de festa."(Beja. Roteiros Republicanos de Constantino Piçarra e Rui Mateus, QuidNovi, 2010, p.63).

Foto e texto copiados do blog da nossa comadre Rita Cortês: http://bejayarrabaldes.blogspot.pt/