sábado, 7 de junho de 2014

Santuário de Nª Sra d'Aires (Viana do Alentejo)



O Santuário de peregrinação de Nossa Senhora d'Aires, nos arredores de Viana do Alentejo destaca-se na paisagem, ao dominar uma formosa planície, constante de alegres e férteis terras cultivadas, e que pela sua salubridade e amenidade se lhe deu, em tempos remotíssimos, o nome de Era, que significa Ar (Pinho Leal, vol.X, 1873/1890), Artisticamente, deve ser considerado um dos conjuntos do barroco alentejano, do século XVIII, mais interessante e de maior visibilidade.
Local de profunda fé e de peregrinações oriundas de todo o Alentejo, atestadas documentalmente, apresenta, para além do santuário, com as suas dependências anexas, a fonte de Nossa Senhora d'Aires, situada no Terreiro dos Peregrinos e ainda casas de romeiros. O actual santuário, da autoria do Padre arquitecto João Baptista, com obras documentadas entre 1743/1760 substituiu o primitivo, que urgia ampliar e modernizar, por necessidades de culto e de grande afluência de peregrinos; este conjunto, interessantíssimo em termos de história da arte, manifesta ecos mafrenses, na sua estrutura de muros ondulantes, torres rematadas por cúpulas bolbosas e um zimbório octogonal, de grande efeito cenográfico.

Texto de Maria de Aires Silveira.
Fotos de Anabela Fialho, Patrícia Magalhães e Joaquim Filipe Bacalas.