segunda-feira, 14 de setembro de 2015

Anoitecer em Beja...












A noite cai lentamente na planicie. Mistura-se no ar o cheiro de palha seca e do carvão queimado nas churrasqueiras da cidade velha. Percorro as ruas da Mouraria de Beja, em redor do seu castelo altaneiro, cruzo-me com as pessoas que ali vivem (parece que sempre ali viveram, parece que o tempo parou...) e admiro a arquitetura simples destas ruas antigas...
Faz-me bem passear em Beja...