sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

A Arte Chocalheira








Estas fotos fazem parte de um Album dedicado à Arte do Chocalho na Vila de Alcáçovas, um tema bem Alentejano, que divulgo como memória do Alentejo em que a pastorícia assume relevância económica. Grande parte das imagens foram registadas em Alcáçovas durante a "Feira do Chocalho" de 2013.
"A história dos chocalhos em Alcáçovas, Viana do Alentejo, perde-se no tempo. É difícil datar o início desta actividade. É mais fácil perceber que a arte chocalheira teve, no passado, uma maior preponderância na localidade. No início do século XX existiam mais de 20 empresas chocalheiras, «hoje existe uma que tem dois chocalheiros e dois ou três futuros chocalheiros», diz André Correia, autor do livro «Os Chocalhos e a sua relevância na vila das Alcáçovas».

Feitos de ferro e latão, os chocalhos resultam das «artes do fogo» como é exemplo o ofício de ferreiro. Com fole e fornos aquecidos a carvão, mãos rudes e calejadas, os chocalheiros vão moldando o rijo ferro em diferentes formas e tamanhos.


Texto e fotos gentilmente cedidos pelo compadre Celestino Manuel.