domingo, 13 de abril de 2014

Carrasquinhas, o Cardo que se come...



 As carrasquinhas são cardos que nascem sem qualquer intervenção humana, aparecem na planicie sem ninguém os plantar. Há muitas gerações que os Alentejanos se habituaram a comê-los, porque a fome apertava e tudo se aproveitava para a matar...
Assim sendo, depois de lhes tirar os picos, restam os caules tenros e são esses que se metem na panela de grão, proporcionando uma refeição energética e substancial.
Estas plantas só se podem comer numa determinada altura do ano, normalmente em Abril, antes que endureçam e espiguem com o calor...
Estas fotos foram tiradas em Aguiar (Viana do Alentejo), no Café Snack-Bar "O Sacristão".