terça-feira, 1 de julho de 2014

Rota Vicentina, de Porto Covo a V.N. Milfontes












Em termos demográficos Porto Côvo registava cinquenta e cinco fogos em 1940 e 246 moradores. Em 1980 o número de fogos era de cento e noventa e quatro e o de habitantes 539.

Porto Covo tornou-se freguesia apenas em 1984 e está incluída no concelho de Sines, ao termo da qual sempre pertenceu. Além de ser uma característica povoação piscatória, Porto Covo é também um pólo de interesse turístico, com as suas praias de areia fina e branca, aquecida pelo sol entre as falésias. As suas águas são transparentes e ricas em peixes saborosos que deliciam os visitantes.

Em frente à ilha do Pessegueiro fica a excelente praia da ilha, com condições para a prática de windsurf, passeios de barco e pesca desportiva. Junto à praia pode-se ver uma fortaleza do século XVII, em parte destruída pelo terramoto de 1775. Na ilha do Pessegueiro, que inspirou o músico contemporâneo Rui Veloso, que lhe dedicou uma canção, podem ser apreciadas a fortaleza do século XVII, as ruínas de um porto romano e uma capela quinhentista. No Verão, é possível visitar a ilha em barcos de pesca ou de passeio.

Fotos gentilmente cedidas pelo compadre Luis Peixoto