segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Pomarão







Aldeia do Pomarão.
Assim, compadres e comadres, localidade construída no séc XIX, para servir de porto fluvial, onde era descarregado o minério extraído da minas de São Domingos e conduzido até aqui pelo caminho de ferro que ligava a Mina ao Porto do Pomarão, e de onde partiram os navios mineraleiros com destino a Inglaterra, Alemanha e outros países. 
Construída em patamares sucessivos, com edificações de taipa de pequenas dimensões, a povoação mineira marcada pelas cores e elementos da arquitectura alentejana é hoje uma aldeia de pescadores, mas um elemento único da arqueologia industrial, porque possui vestígios de um cais e instalações mineiras abandonadas. 
Actualmente funciona como porto de lazer e piscatório dado à sua beleza paisagística nas margens do Guadiana e à proximidade da barragem do Rio Chanca.
Texto gentilmente cedido pelo nosso compadre Luis Manuel.