terça-feira, 10 de maio de 2016

Pedreira dos Sons 2016

Os três anos anteriores saldaram-se como um enorme sucesso desta iniciativa “Pedreira dos Sons” que tem vindo a trazer grandes espetáculos a Viana do Alentejo (Évora).
Aproveitando uma pedreira e as suas condições acústicas únicas e que a transformam numa sala de espetáculos natural e ao ar-livre, a edição 2016 acontecerá já nos próximos 20 e 22 de maio.
Promovida pelo Município de Viana do Alentejo numa parceria com a Escola de Artes da Universidade de Évora e a CulArtes, nesta 4ª edição do Festival, vai poder ouvir pela primeira vez neste cenário música clássica, à qual de junta o Cante Alentejano - nas vozes do Grupo Coral Feminino de Viana do Alentejo - dia 20, a partir das 21:00h. No mesmo dia, pode assistir a um Ponteio para Chocalhofone, a uma emissão de filmes e ainda à Orquestra e Coro do Departamento de Música da Universidade de Évora (UÉ).
No sábado, à mesma hora, haverá vídeo projeções “Viana Lux” dos alunos do Departamento de Artes Visuais e Design, logo seguido da atuação do Grupo de Percussão e Coro do Departamento de Música da UÉ e ainda “Shakespeare in Ópera”, canto lírico e piano.
No último dia da Pedreira dos Sons, no domingo, começa com o concerto do Grupo de Música Contemporânea da Universidade de Évora, às 18:00h, seguido do Ensemble de Jazz da UÉ.
Em simultâneo, e durante todo o Festival, estará patente ao público uma exposição de design de alunos da Escola de Artes da Universidade de Évora.
- See more at: http://www.tribunaalentejo.pt/tribuna/artigos/voltam-ouvir-se-sons-pedreira#sthash.8stFyl1W.dpuf
Pedreira dos Sons 2016 com novidades
Depois do sucesso alcançado nas últimas edições, está de volta a Pedreira dos Sons, um festival de música clássica, entre os dias 20 e 22 de maio, numa pedreira de mármore desativada, situada junto à estrada entre Viana do Alentejo e Vila Nova da Baronia, que durante três dias se transforma numa sala de concertos ao ar livre.
Nesta 4ª edição do Festival, promovido pelo Município de Viana do Alentejo em parceria com a Escola de Artes da Universidade de Évora e a CulArtes, e num anfiteatro natural com particularidades acústicas únicas, vamos poder ouvir pela primeira vez, para além da música clássica, cante alentejano nas vozes do Grupo Coral Feminino de Viana do Alentejo, logo no dia 20, a partir das 21h00. 
Seguem-se um Ponteio para Chocalhofone, a emissão de filmes e ainda a Orquestra e Coro do Departamento de Música da Universidade de Évora (UÉ).
No sábado, a partir das 21h00, haverá vídeo projeções “Viana Lux” dos alunos do Departamento de Artes Visuais e Design, seguido da atuação do Grupo de Percussão e Coro do Departamento de Música da UÉ e ainda “Shakespeare in Ópera”, canto lírico e piano.
O terceiro e último dia da Pedreira dos Sons, domingo, começa com o concerto do Grupo de Música Contemporânea da Universidade de Évora, às 18h00, seguido do Ensemble de Jazz da UÉ.
Durante o festival Pedreira dos Sons estará patente ao público uma exposição de design de alunos da Escola de Artes da Universidade de Évora.




Os três anos anteriores saldaram-se como um enorme sucesso desta iniciativa “Pedreira dos Sons” que tem vindo a trazer grandes espetáculos a Viana do Alentejo (Évora).
Aproveitando uma pedreira e as suas condições acústicas únicas e que a transformam numa sala de espetáculos natural e ao ar-livre, a edição 2016 acontecerá já nos próximos 20 e 22 de maio.
Promovida pelo Município de Viana do Alentejo numa parceria com a Escola de Artes da Universidade de Évora e a CulArtes, nesta 4ª edição do Festival, vai poder ouvir pela primeira vez neste cenário música clássica, à qual de junta o Cante Alentejano - nas vozes do Grupo Coral Feminino de Viana do Alentejo - dia 20, a partir das 21:00h. No mesmo dia, pode assistir a um Ponteio para Chocalhofone, a uma emissão de filmes e ainda à Orquestra e Coro do Departamento de Música da Universidade de Évora (UÉ).
No sábado, à mesma hora, haverá vídeo projeções “Viana Lux” dos alunos do Departamento de Artes Visuais e Design, logo seguido da atuação do Grupo de Percussão e Coro do Departamento de Música da UÉ e ainda “Shakespeare in Ópera”, canto lírico e piano.
No último dia da Pedreira dos Sons, no domingo, começa com o concerto do Grupo de Música Contemporânea da Universidade de Évora, às 18:00h, seguido do Ensemble de Jazz da UÉ.
Em simultâneo, e durante todo o Festival, estará patente ao público uma exposição de design de alunos da Escola de Artes da Universidade de Évora.
- See more at: http://www.tribunaalentejo.pt/tribuna/artigos/voltam-ouvir-se-sons-pedreira#sthash.8stFyl1W.dpuf