domingo, 8 de abril de 2018

Fomos visitar o Barreiro...





























O Barreiro, embora não esteja geograficamente integrado no Alentejo, é, para muitos alentejanos e descendentes, uma verdadeira terra alentejana.
Antigamente, o Barreiro era a porta de entrada de Lisboa para todos os que vinham do Sul e as suas fábricas empregaram maioritáriamente gentes alentejanas.
Os Moinhos de Vento e de Maré existentes nas margens barreirenses do Tejo moeram muito do cereal que vinha do Alentejo e ajudaram a alimentar Lisboa durante muitos anos.
O Moinho de Vento Nascente de Alburrica, com localização na orla ribeirinha do Concelho, é de tipologia tradicional e preserva a memória de uma atividade importante durante séculos. Devido à sua relevância histórica, o moinho foi reabilitado pela autarquia para readquirir as características funcionais originais e está dotado de um engenho novo, necessário ao seu funcionamento.

Ontem, 07ABR, foi comemorado o Dia Nacional dos Moinhos e a Câmara Municipal do Barreiro não perdeu a oportunidade e aliou-se a este evento.
Assim, além do Encontro de Coleccionadores, organizado no novo Espaço Memória, situado no antigo complexo industrial do Barreiro, também pudemos visitar o Moinho da Alburrica e percorrer os novos passadiços que dão acesso a esta língua de terra repleta de ruínas de antigos moinhos.
A não perder: A Tasca da Galega...
(Tasca tipica barreirense com ementa de pratos e petiscos da cozinha portuguesa. Conceituada e premiada em concursos gastronómicos).

Espaço Memória: O Espaço Memória é um equipamento cultural do Município do Barreiro, na Rua 17, nº 10, Parque Empresarial do Barreiro. Aberto ao público de 3ª feira a sábado – 10h00-13h00 | 14h00 – 18h00


Como não podia deixar de ser, o Núcleo coleccionista do Projeto Alcáçovas Outdoor Trails esteve presente neste encontro e damos os parabéns aos organizadores pela simpatia com que nos receberam.

Próximo encontro coleccionista em Alcáçovas: 16JUN18
Próximo encontro coleccionista em Montemor-o-Novo: 23JUN18