sábado, 22 de agosto de 2015

Elvas (By Luis Porfírio)

O Aqueduto da Amoreira é um dos monumentos que integram o conjunto de fortificações Património
da Humanidade. Monumental e imponente dá as boas-vindas a todos quantos pretendam visitar Elvas.
Bem-vindos

Espaço envolvente do Rossio de São Francisco, em Elvas, permite agigantar
ainda mais a monumentalidade do Aqueduto da Amoreira, aqui onde ele se eleva
aos
31 metros de altura.
Este aqueduto liga o local denominado da Amoreira até à cidade de Elvas numa extensão
de 8,5 quilómetros e com 843 arcos.
É considerado o maior aqueduto da Península Ibérica.


Uma das frentes de muralha, a que incorpora a porta (dupla) de Olivença, é uma obra militar,
do século XVII,
e apresenta-se como um dos grandes cartões de visita da cidade de Elvas.
Está classificada como Património da Humanidade pela UNESCO desde Julho de 2012.



Edificada no reinado de D. Pedro II, Rei de Portugal e do Algarve,
simboliza a "entrada de tantos triunfos dos portugueses e despojos tomados aos espanhóis
com ajuda de Deus e Sua Puríssima Mãe".
Esta primeira porta constituía um sério obstáculo à entrada do inimigo na fortificação,
podendo ser fechada mediante a sua elevação, através de duas fortes correntes em ferro.
Ao elevar-se a porta, ficava a descoberto um fosso largo e algo profundo, que dificultava,
naturalmente, a entrada dos invasores.
Desde 2006 que este blogue existe com a pretensão de mostrar uma ínfima parte do meu trabalho.
Se gostar então ajude-me a divulgá-lo e partilhe-o com os seus amigos:  http://minhaobjectiva.blogspot.pt/
                                                                                                                    - Luis Porfírio