quarta-feira, 13 de junho de 2018

Nos campos do Alandroal...













As planícies do Alentejo estão cheias de cor.
E caminhar nos campos do Alandroal, na companhia dos guias locais do Monte da Fonte Santa, (o Luís, a Eunice e a sua cadelinha Luna) , é sempre uma experiência inesquecível.
Proposta para um fim de semana bem passado: visitem o concelho do Alandroal,  que não se vão arrepender..

O Alandroal é uma vila portuguesa pertencente ao Distrito de Évora, que se ergue numa colina a 341m de altitude. 
Fica situada junto a Espanha sendo limitada a Norte pelo concelho de Vila Viçosa, a oeste pelo Redondo, e a Sul por Reguengos e Mourão.

O Alandroal foi fundado em 1298 por D. Lourenço Afonso, Mestre de Avis, e elevado à categoria de vila em 1486, por uma Carta de Foral atribuída por D. João II. Ao concelho do Alandroal foram anexados durante o século XIX, os territórios dos antigos municípios de Terena e Juromenha. A povoação de Vila Real (Villareal), aldeia ribeirinha do Alqueva pertencente a Olivença (sob administração de Espanha) era uma povoação do antigo concelho de Juromenha.

O nome de Alandroal deve-se a neste concelho crescerem aloendros, cuja madeira é usada no artesanato local. Salientam-se ainda os trabalhos feitos em cortiça, pele e chifre.

Locais a visitar
O Castelo
Torre de Menagem
Igreja Matriz
Igreja da Misericórdia (em Terena)
Fortaleza de Juromenha (em Juromenha)
Barragem de Lucefecit (a oeste de Terena)
Rocha da Mina (em Terena)