terça-feira, 25 de junho de 2013

Centro de Interpretação da Gruta do Escoural



Na vila de Santiago do Escoural, próximo da Igreja Paroquial, mesmo em frente ao Restaurante Azinheirinha, está instalado um Centro de Interpretação da Gruta do Escoural. Um espaço com uma pequena exposição arqueológica de introdução à visita da gruta. Não deixem de visitar, pois é uma exposição de muito interesse.

Grutas do Escoural:
 A sua descoberta, em 1963, deveu-se à exploração de uma pedreira, tendo-se encontrado, no seu interior, uma necrópole datada do Neolítico Final. Mais tarde seriam detectadas as primeiras pinturas. Foi classificada como Monumento Nacional em 1963.

Os trabalhos arqueológicos revelaram ocupações desde o Paleolítico Médio e Superior até ao Neolítico Final. A arte rupestre destaca-se pela sua raridade e apresenta duas fases, com cronologias de cerca 25.000 a.C e 13.000 anos a.C..

No exterior, na elevação acima da gruta, situa-se um Santuário Rupestre Neolítico e um pequeno povoado Calcolítico. Nas proximidades encontra-se um Tholos (sepulcro megalítico de falsa cúpula).

É de salientar que nesta zona existem importantes monumentos megalíticos, dos quais se destacam a Anta Grande da Comenda da Igreja e, já no concelho de Évora, o Cromeleque dos Almendres e a Anta Grande do Zambujeiro
Proposta para um pequeno percurso, nos arredores do Escoural: