terça-feira, 16 de julho de 2013

Fim de Semana bem passado...


Brochura de Alcáçovas (1)
Brochura de Alcáçovas (2)
1ª Dia: A povoação de Alcáçovas é muito antiga e está situada sobre o antigo itinerário romano que ligava Ebora a Salacia (Alcácer do Sal). O nome da vila deriva do árabe al-qaçabâ (cidadela fortificada). No entanto destaca-se pelo acontecimento histórico no palácio real onde portugueses e castelhanos assinaram o Tratado de Alcáçovas em 1479. O mesmo pôs termo à guerra da sucessão da coroa castelhana e garantiu a Portugal o senhorio da Guiné, Madeira, Açores e a conquista do Reino de Fez, no norte de África.
Restaurante Paço Real Brochura do Monte do Sobral (1) Brochura do Monte do Sobral (2)
Após pequena caminhada pela localidade decidimos almoçar no restaurante Paço Real. Aconselho o prato Bacalhau à Paço Real, uma verdadeira delícia. Qualquer boa refeição é inesquecível e estes pratos típicos deixam-nos sempre com voltade de voltar. Mas o nosso destino era o Monte do Sobral e informaram-nos que ficava a poucos kilometros. Apanha-se a estrada com direção a Viana do Alentejo e pouco depois chegamos ao nosso destino.
Monte do Sobral Monte do Sobral Monte do Sobral
Fomos amavelmente recebidos no local e logo tratámos de escolher um quarto ou... cabana. Após alguma negociação com a minha mulher acabamos por escolher a cabana. O tempo estava mau, trovoada e muita chuva, mas era uma aventura e nada melhor que dormir numa habitação fora do costume. Ficava afastada do agrupamento de casas e nas traseiras avistava-se a imensidão da planície, e do mau tempo também.
Monte do Sobral (Cabana) Monte do Sobral (Cabana) Planície Alentejana
Instalámo-nos e de seguida, ainda de barriga cheia, conhecemos um pouco do local. O grande salão servia metade de restaurante e salão de jogos. Acabámos por nos divertir um pouco a jogar snooker e ping-pong. Existia outra sala de estar, mais calma, sem TV e onde o silêncio imperava. A piscina, apesar de coberta, não tinha água aquecida e com o mau tempo não convidava nada a mergulhar. No verão deve ser mais agradável pois podemos tirar proveito da esplanada e de outras atividades no local.
Restaurante Espaço de Jogos Sala de Estar
A envolvente com a natureza em redor não tem descrição, as cores e os cheiros, os pássaros e o gado, o verde da planície. Decidimos então visitar Viana do Alentejo e depressa estavamos a caminho. Não durou muito pois chovia torrencialmente a voltámos ao Monte do Sobral com a mesma rapidez. Passámos o resto da tarde no salão e a espaços outras pessoas iam chegando para pernoitar. Todas com certeza como nós de acordo com escolha em pacote da smartbox.
Esplanada Brochura de Viana do Alentejo (1) Brochura de Viana do Alentejo (2)
Era dia de grande jogo na TV e tudo estava a preparar-se para assistir. O jantar foi uma delícia também e confecionado á medida. Tudo correu de acordo e no fundo foi um dia bastante divertido e descansado. Era hora de dormir e lá fomos para a nossa cabaninha. Arrumadinha e confortável, o AC a aquecer o ambiente, depressa veio o sono e afinal a cabana é um conforto.
Cabana (interior) Cabana (interior) Cabana (interior)
2º Dia - Acordar ao som de milhares de pássaros não é costume, mas assim aconteceu. A cabana está perto das árvores e de uma estrutura com trepadeiras... pássaros com fartura. A estadia era curta e saimos da cabana para o pequeno almoço. Agradável também onde a mesa estava recheada e a simpatia dos empregados era uma constante. Foi uma escolha acertada pois derivou de algumas indisponibilidades em outros locais.
Monte do Sobral Monte do Sobral Monte do Sobral
No final despedimo-nos de todos onde agradecemos o trato e a simpatia. Ficou a ideia de voltar um dia, aproveitar mais pois fomos condicionados pelo mau tempo. Iremos aconselhar aos nossos amigos certamente.

Informação retirada do diário de viagens do compadre Joaquim Costa.