segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Galinhas em greve...


A democracia pode não ser um sistema perfeito, mas estou crente que é o melhor a que a humanidade pode, por enquanto, aspirar. E se numa organização democrática há deveres a cumprir, também há constantemente direitos a reinvindicar, em última instância, através do recurso à greve.
Pois foi exactamente isso, que pensei que estava a acontecer no galinheiro: há dois ou três dias que não encontrava nenhum ovo, logo as galinhas estariam de GREVE!
Imaginava lá eu porquê!

Já reparei que existem regras de capoeira, "relações sociais" entre elas, com o chefe galo e com a patroa (eu!) que lhes enche o papo; mas como ainda sou incapaz de descrutinar o significado de certos cacarejares, desde logo me resignei com a suposta paralisação...até que hoje, num montão de palha de milho, num esconderijo  muito bem camuflado, fui dar com isto!


Ainda bem que não há queixas do patronato!

Copiado do blog: http://zanadias.blogspot.pt/