sábado, 28 de janeiro de 2017

Cortiça: Uma dádiva da Natureza





Portugal é um país privilegiado com 736 mil hectares de área de montado de sobro, uma grande mancha verde-escura no mapa que nos coloca entre os 7 maiores produtores mundiais de cortiça: Portugal, Espanha, Argélia, Marrocos, França, Tunísia e Itália.
Além-Tejo reina o sobreiro mediterrânico, Quercus Suber, do qual Portugal extrai todos os anos perto de 190 mil toneladas de cortiça, que correspondem a cerca de 50% da produção mundial.
O sobreiro é uma árvore que tem de ser cuidada e amada por sucessivas gerações. Só ao fim de 25 anos de vida entra em fase de produção, quando o tronco atinge uma circunferência de 70 centímetros e se pode dar início a um ciclo de crescimento e colheita da cortiça em cada 9 anos, que se prolonga por mais de 150 anos.
​Porque amamos a Natureza, escolhemos uma forma de trabalhar que respeita a sua harmonia e a sua conservação.
​Fonte: ARTELUSA. PAIXÃO PELA CORTIÇA.