quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Passeio Cultural a Olivença e Elvas


 

 
 
IV Passeio Cultural da Associação dos Amigos de Alcáçovas
 
No dia 15 de Setembro fomos até Olivença e a Elvas. Fomos 56, num autocarro da Câmara e um automóvel dum dos nosso dirigentes, o Frederico, que preparou este passeio e o orientou da melhor maneira. Podemos afirmar que foi um sucesso.
Um dia muito preenchido. Vimos muitas e diversas coisas e aprendemos muito.
Saímos às 08.00 H das Alcáçovas e regressámos às 20.45.
A primeira etapa foi Olivença. Uma cidade, pequena, mas muito bonita e muito "portuguesa". Uma cidade onde Portugal está sempre presente. Impressiona ver tanto património dos tempos portugueses. Igrejas, edifícios antigos bem conservados e bem aproveitados (Câmara, universidade, etc), muralhas, pavimentos de praças e ruas.
A Igreja "Almas da Magdalena", construída pelos portugueses, é uma maravilha, uma igreja onde se sente uma tranquilidade espiritual, uma sensação de equilíbrio universal.
Outras igrejas, o antigo paço dos governantes portugueses, o castelo e até o chão do centro antigo da cidade. Calçada portuguesa cuidada, bem conservada, com desenhos lindos e tradicionais.
Fomos guiados por dois oliventinos, que foram impecáveis, competentes, mas simples. Muito nos ajudaram a "compreender" Olivença. Algumas pessoas ainda falam português, como foi o caso dos nossos "guias". Um deles quase perfeito.
Ficámos todos com vontade de voltar, com mais tempo, para conhecermos esta jóia tão portuguesa.
Depois fomos visitar Elvas onde almoçámos bem e descansámos um pouco.
Depois uma visita ao museu etnográfico. Muito bem concebido, didáctico e atraente. De seguida fomos ver uma parte das grandes (3) fortificações que defendiam Elvas. Impressionante, prova bem porque este conjunto de defesas foi classificada pela UNESCO como património mundial. Estivemos no Forte de Stª Luzia de onde se tem uma vista geral da cidade, com a parte antiga envolvida em fortes muralhas, o forte da Graça e outras fortalezas mais pequenas.
O regresso foi especial, tivemos cantares alentejanos nas vozes de alguns dos nossos companheiros e companheiras. Uma beleza.

Texto copiado do blog do nosso compadre André Correia, http://alcacovas.blogs.sapo.pt/