sábado, 30 de março de 2013

Alentejanando...

FUI-TE VER ESTAVAS LAVANDO
NO RIO SEM ASSABÃO...
LAVASTE EM ÁGUA DE ROSAS
FICOU-TE O CHEIRO NA MÃO...
NESTA PLANÍCIE SEM FIM...
AQUI VOU GUARDANDO O MEU GADO
FAÇA SOL OU FAÇA CHUVA...
SEJA DOMINGO OU FERIADO...
FUI CRIANÇA E ANDEI DESCALÇO
PORQUE A TERRA ME AQUECIA
ERAM LONGOS OS MEUS SONHOS
QUANDO A NOITE ADORMECIA...
FUI À LENHA PARA ME AQUECER...QUE O FRIO JÁ VAI ENTRANDO, PELAS TELHAS DO TELHADO...
Ó PATRÃO DÊ-ME UM CIGARRO,
QUE SE ME ACABOU O TABACO E FUMANDO,
 A SEMENTE QUE DEITO À TERRA DÁ MAIS UM SACO...
 
Estas fotos e poemas foram retirados do Facebook, através do Grupo Alentejanando.
 
Com um grande abraço ao compadre António Sousa, incansável divulgador da cultura alentejana...