sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Abelhão Preto

Abelhão Preto

Bombus atratus (melanica?)

Volto hoje a falar nas abelhas do género Bombus com o intuito de chamar a atenção para a importância que lhes é atribuída  na moderna agricultura. 

Têm vindo a ser utilizadas, com sucesso, em substituição das abelhas melíferas (apis) em programas de polinização em estufa. Os resultados obtidos em culturas de morango, melão, pimento, tomate e outras tem sido muito bons.

Claro que esta utilização só se tornou possível desde que empresas especializadas começaram a produzir colónias em grande escala e a fazer da sua comercialização o seu negócio. Com a utilização de tecnologias adequadas já hoje é possível produzir estes insectos, tão úteis,  em qualquer altura do ano.

A facilidade na importação de colónias provoca a difusão de algumas espécies em zonas bem distantes da sua região de origem. Esta situação pode ocasionar alguns efeitos nefastos: passa a haver competição com os polinizadores locais na utilização dos recursos florais existentes e pode também verificar-se a introdução de inimigos naturais que, se patogénicos, podem infectar os organismos nativos. Por esta razão é aconselhável que, antes  de se proceder a importações,  se estudem devidamente as espécies locais a fim de se apurar, com rigor, se têm ou não as competências polinizadoras de que há necessidade.

Imagens captadas na Quinta da Casa Nova, em Cortiçadas, Montemor-o-Novo




Texto e fotos copiados do blog do comadre João Gil Borges,  http://benquerer-jogilbo.blogspot.pt/