terça-feira, 20 de agosto de 2013

Banda da Sociedade União Alcaçovense


Data de 1850 a fundação, pela família dos Cabrais, da 1ª. Banda de Música da Vila de Alcáçovas, popularmente denominada de "Os Nalgueiros". Mais tarde em 1855, é fundada a Banda dos "Pés Frescos".

A partir de 1880 começa a nascer a ideia de se fundir as duas Bandas, o que viria a acontecer em 1885, quando um grupo de alcaçovenses, liderado pelo Padre Joaquim Pedro de Alcântara, elaboram os Estatutos daquela que viria a ser a "Sociedade União Alcaçovense".

Em 1935 foi galardoada com a "Medalha de Prata", em 1948 recebeu a "Medalha de Reconhecimento, Mérito e Homenagem" e em 1956, o Diploma e "Medalha de Ouro de Instrução e Arte", pela Federação Portuguesa das Colectividades de Cultura e Recreio.

No período entre 1959 e 1984 a Banda foi regida pelo Maestro António Maria dos Santos Guerra.

Em 1983 a Sociedade organizou o seu I Encontro de Bandas, em 1984 participou na 1ª. fase do Festival EDP de Bandas de Música. Em 1987 realizou-se o II Encontro de Bandas e em 1988 e sob a regência de José André Pires Florindo, representou o Distrito de Évora num Festival de Bandas em Coimbra.

O III Encontro de Bandas Civis ocorreu em 1989 e o IV em, 1990.

Em 1994 realizou-se o V Encontro de Bandas Civis, o VI em 1996.

Para além disso, a Banda anualmente efectua cerca de 25 a 30 actuações nas quais se incluem a participação em Festivais e Encontros de Bandas.

Actualmente é constituída por cerca de 45 elementos e é dirigida pelo Maestro Eduardo Pires Fernandes.
 
Fotos gentilmente cedidas pela comadre Mariana Pereira.