domingo, 21 de dezembro de 2014

Fotografando Animais ( By Alfonso Paz)





Nascido nos finais do verão quente de 69, cedo me encantei com as artes, em domínios tão distintos como a pintura, escultura, literatura e dança, entre muitas outras formas da expressão humana Maior.
Era como se todo o tempo se condensasse num só momento e a massa crítica tivesse atingido o seu auge. África, renascia nas ideias e costumes antigos. A liberdade estava por aí e o seu aroma era inconfundível. A Europa, qual velhinha desgastada, tentava mudar de posição e acomodar a espinha dorsal a estas novas realidades. Do outro lado do atlântico inicia-se uma época de prosperidade  sem par. A cortina baixa e de leste chegam-nos novas de aventuras em modelos de sociedade ainda não experimentados.
É nesta sopa rica que os movimentos artísticos florescem e ocupam o seu espaço. Inundado por tamanho processo de criação e destruição e pelas imagens que guarda dessa infância plena e adolescência viva, participada e participativa, fazem crescer no meu âmago o desejo de partilhar não só ideias ou saberes, mas sim, a própria vida:- essa seiva primordial.
Ainda que se trate de um acaso, pois também destes se faz vida, é apenas em 2004 que descubro este forma de expressão. Este veiculo de transmissão. A fotografia surge então pelas mãos do mestre Carlos e pelos fruto dessa grande árvore a que chamo Pai (pintor e pensador). Chega de mansinho e sem aviso. Chega na alvorada da maturidade para as coisas e para as gentes, e para esse mundo vivo em perigo padecer. Aberta a comporta, as imagens, jorram agora sem cessar. O cálice transborda.

<< A consciência de que temos que fazer algo, por muito pouco que seja, para que não se perca tudo, nos próximos anos, é hoje mais clara e evidente que qualquer outra realidade. As imagens do mundo animal que partilho são um testemunho da beleza natural que se pretende ver preservada e defendida até às últimas consequências. A extinção é para sempre…>>
                                                                                                       - Alfonso Paz
http://www.animaisfotos.com/

Nota- Algumas destas fotos foram captadas no Badoka Parque, em Santiago do Cacém.