sexta-feira, 6 de novembro de 2015

Arte Sacra no Concelho de Viana do Alentejo



Novembro 2008

ISBN 978-972-8854-29-4 Coordenador: Artur Goulart Melo Borges
Autores: Frederico Carvalho, Jorge Moleirinho, Paulo Valente, Susana Nogueira.


A Arte Sacra engloba uma enorme multiplicidade de inspirações e sensibilidades, ofícios e expressões artísticas, materiais e objetos. Por isso as peças que a integram, tão ricas e diversas, serão sempre fonte de interesse, inspiração, prazer estético. Verdadeiras relíquias culturais, históricas e artísticas, estas peças constituem um património inestimável, cujo âmbito ultrapassa largamente a liturgia pastoral ou o universo da religiosidade. Verdadeiros testemunhos de devoção, são inúmeros os ex-votos do Santuário de Nossa Senhora de Aires, local de profunda fé das gentes transtaganas. Edificada a primitiva ermida no século XVI, contava com grande afluência de peregrinos – em romarias oriundas de Alcácer do Sal, Alvito, Cuba, Beja, Montemor-o-Novo, Torrão, Vidigueira, Vila de Frades e Évora -, o que mais tarde levaria à substituição do antigo templo pelo grandioso santuário, inaugurado em 15 de Março de 1760 com obras que se prolongaram até 1804, período da sua segunda sagração (Espanca 1975)."