quinta-feira, 16 de julho de 2015

Lagarto de água


Este é um Lagarto-de-água que fotografei há poucos dias no coração da Serra de São Mamede. Existem dezenas de milhar no Parque Natural da Serra de São Mamede num núcleo aparentemente isolado. Este macho já não exibe o azul vivo na sua cabeça porque a época de acasalamento já passou. 

Contacto com frequência com pessoas que temem os répteis, em particular cobras e lagartos. Ora, este Lagarto, como podem observar na foto é extremamente perigoso cravando as suas garras afiadas e os seus dentes aguçados nas suas incautas vítimas. (espero que a ironia tenha ficado bem vincada) Ainda existem muitas pessoas que matam indiscriminadamente todos os lagartos e cobras e aqui fica (mais uma) prova que estes maravilhosos animais são totalmente inofensivos.

O Lagarto da imagem, depois de o fotografar durante algum tempo, tomou os meus braços como troncos de árvore e, mais tarde, o meu nariz como poleiro.

Foto: João Lago