domingo, 28 de janeiro de 2018

Odemira

















Hoje vamos até ao concelho de Odemira...
É sede do maior município Português em extensão territorial, é subdividido em 13 Freguesias e tem como Slogan " Odemira, Alentejo Singular ".
O concelho de Odemira caracteriza-se pela imensa diversidade paisagística, estendendo-se entre a planície,a serra e o mar.
O litoral conhece a maior expressão do turismo concelhio nos seus principais aglomerados urbanos de vocação turística. A faixa interior do concelho, marcada por uma orografia bastante acidentada é palco para a maior mancha florestal do país, seja ela autóctone(sobreiros e azinheiras),seja ela eótica(como o eucalipto).Associado com essa mancha florestal, o sector agrícola e pecuário de sequeiro extensivo (bovínocultura,ovínocultura e caprínocultura) marcam a paisagem física e económica de uma grande área do concelho que é estruturada, a sul pela barragem de Santa Clara-a-Velha e a norte pela integração na planície Alentejana.
O povoamento do concelho é bastante remoto, como provam os muitos vestígios de culturas anteriores à Romanização e os testemunhos de culturas posteriores.
No século XIX , o regime Liberal reestrutura os limites do concelho, dando-lhe a sua configuração actual. As actividades artesanais predominam em Odemira, tais como a cestaria, a cerâmica, a olaria, a tecelagem ou a latoaria.
Uma visita que tem de ser feita com tempo,pois há muito para ver...

Texto e fotos gentilmente cedidos pelo nosso compadre José Pessoa.