terça-feira, 30 de janeiro de 2018

S. Brissos (Beja)






A freguesia de São Brissos pertence ao concelho e distrito de Beja, distando da sede concelhia aproximadamente nove quilómetros.
A freguesia é delimitada pelo concelho de Ferreira do Alentejo, a Norte, e pelas freguesias de Trigaches, Beringel, Mombeja, Beja (Santiago Maior) e São Matias.
O orago da freguesia é Nossa Senhora do Rosário, a quem os habitantes dedicam uma festa solene, todos os anos, em data móvel (Julho ou Agosto).
Como se induz pela arqueologia da região onde se insere, com edificações dolménicas e fortificações castrejas, o povoamento do território da freguesia de São Brissos recua, sem dúvida alguma, à época pré-romana.
Além de existirem nas redondezas algumas fortificações castrejas e outros vestígios de povos antigos, a toponímia é também o bastante para fixar à freguesia uma vetustez além da Nacionalidade ou do século XII.
No eclesiástico, S. Brissos foi da apresentação do arcebispo de Évora. O cura tinha um rendimento anual de três moios e quarenta alqueires de trigo, que lhe pagavam as herdades.
Administrativamente, São Brissos pertenceu sempre ao termo de Beja.
Relativamente ao património da freguesia, destacam-se a nível religioso, a Igreja Paroquial que conserva da época da fundação a ábside manuelina. A planície alentejana é sem dúvida o maior interesse turístico local.
São Brissos é uma freguesia rural, na medida em que a agricultura ainda é uma actividade com importância na sua economia. A par da actividade agrícola estão outras, como a exploração de mármores e o pequeno comércio, que ocupam também uma parte significativa da população activa local.
Actualmente extinta, constitui juntamente com a Freguesia de Trigaches a União de Freguesias de Trigaches e S. Brissos.
https://www.uf-trigachessbrissos.pt/