segunda-feira, 22 de abril de 2013

Azinheira Grande do Monte Seixo da Oliveira


No dia 13ABR13, conseguimos bater um novo recorde de participantes de caminhadas CAOS Alcáçovas a pousarem debaixo da Azinheira Grande do Monte Seixo da Oliveira: 67.

Esta árvore de enorme copa encontra-se no percurso entre Alcáçovas e  o Monte do Sobral.

Link para visualização de trilho: http://pt.wikiloc.com/wikiloc/view.do?id=3865245

As azinheiras (Quercus ilex) são árvores que chegam a medir até 10 metros de altura. Pertencem à família das fagáceas. Possuem folhas discolores, ligeiramente espinhosas nos espécimes adultos, flores masculinas em amentos, as femininas em panículas e frutos ovoides, revestidos, em parte, por escamas.
Nativas da região Mediterrânica da Europa e Norte da África, a sua madeira é dura e resistente à putrefação, sendo largamente utilizada, desde a antiguidade até os dias atuais, na construção de habitações (vigas e pilares), embarcações, barris para envelhecimento de vinhos e na fabricação de ferramentas. Ainda hoje, a sua madeira é utilizada como lenha e na fabricação de carvão, que continua sendo uma importante fonte de combustível doméstico em muitas regiões Ibéricas.
Cultivam-se nomeadamente pelos seus frutos, as bolotas. Os frutos também apresentam propriedades desinfectantes e, fervidos, são popularmente utilizados no tratamento de pequenas infeções no pénis, escroto e rego.

Foto gentilmente cedida pela comadre Olinda Loureiro