quarta-feira, 26 de fevereiro de 2020

Passeio pedestre em Estremoz












Estremoz é a “cidade branca” do Alentejo. Reconhece-se ao longe pelo seu casario branco, espalhado ao longo de uma colina, abraçado por velhas muralhas e protegido, noutros tempos, pela imponente Torre de Menagem. As gentes de Estremoz são pessoas afáveis e hospitaleiras, como todas as gentes alentejanas.
O epíteto de “cidade branca” deve-se, para além da cor do casario, às jazidas de mármore branco, o célebre “Mármore de Estremoz”, que tornou a cidade conhecida a nível internacional. A extração desta matéria-prima no Alentejo faz de Portugal o segundo maior exportador do mundo, contribuindo Estremoz com cerca de 90% do total de mármore. Considere uma visita a uma destas jazidas numa vinda até cá.
A entrada da cidade é feita por uma das quatro portas que trespassam as muralhas do Castelo: Porta de Santo António, Porta de Santa Catarina, Porta dos Currais (ou de Nossa Senhora dos Mártires) e Porta de Évora (ou Porta Falsa). São construções medievais do século XVII em mármore da região, que representam apenas algumas das obras de arte que pode ver ao visitar Estremoz.
Sendo verdadeiras obras de arte também são, muitas delas, Monumentos de Interesse Público e é um privilégio perder-se por aqui, no meio de tanto património. Entre muitos outros lugares históricos de destaque em Estremoz, estes são de visita obrigatória.
  • Castelo de Estremoz
  • Café Águias D’Ouro
  • Convento dos Congregados
  • Igreja de Santa Maria e Santiago
  • Torre das Couraças
  • Fonte das Bicas
  • Capela de Nossa Senhora dos Mártires
  • Claustro da Misericórdia
É de notar que a cidade de Estremoz está dividida em duas zonas bem demarcadas, de belezas e encantos distintos. Uma é a zona baixa e comercial, chamada “vila nova”, que se prolonga pela área plana da cidade.
A outra, a “cidade velha”, situa-se na zona alta, junto ao Castelo, onde se chega por entre ruas labirínticas e sinuosas. Uma vez no topo, desfrute do prazer da riqueza monumental da paisagem alentejana. Até onde a vista alcança.

terça-feira, 25 de fevereiro de 2020

Serra de S. Vicente
















De relevo pouco montanhoso, o ponto mais alto deste concelho, e desta serra, é o Pincarinho de São Vicente, com 374 metros de altitude.
A vila encontra-se envolvida por lindas paisagens, o que claramente lhe confere interesse porque o cenário é, de facto, de grande beleza. As planícies alentejanas, pintalgadas por montes e montados, são autênticas beldades.
Se tencionarem visitar Viana do Alentejo, recomendamos uma ida ao Santuário de Nº Sra de Aires, a partir de 13JUN20.
( Actualmente encontra-se em obras de recuperação e restauro ).

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2020

80º Encontro Évora Sketchers


Caros amigos,

Nosso próximo encontro será no dia 29 de Fevereiro, das 10 h às 13 h., no Mercado do Bacelo.

Até ao próximo sábado,
Évora Sketchers

 Évora Sketchers_página web  Évora Sketchers_facebook

domingo, 23 de fevereiro de 2020

Caminhos de Santiago: Vila Viçosa













Através dos Caminhos de Santiago, que percorrem dezenas de quilómetros através do Alentejo, e salvaguardando a essência do itinerário religioso, histórico-cultural e de natureza, desenhamos um roteiro que é sobretudo um convite.
Hoje passamos por Vila Viçosa...

"Estando situada numa das regiões mais férteis do Sul de Portugal, Vila Viçosa conta no seu passado com alguns momentos importantes para a história do país. Aqui foi estabelecida a Casa dos Duques de Bragança, a família nobre mais poderosa a seguir à Casa Real. O 1º Duque de Bragança foi D. Afonso, filho ilegítimo de D. João I (1385-1433). Mas a construção do Palácio Ducal, que se pode visitar actualmente, deve-se ao 4º Duque de Bragança, D. Jaime que, no séc. XVI, muito contribuiu para o desenvolvimento da vila. Durante as Cortes de 1646, D. João IV, 8º Duque de Bragança, coroou e proclamou padroeira de Portugal a imagem de Nossa Senhora da Conceição, venerada na igreja matriz. A partir desse momento os Reis de Portugal deixaram de usar a coroa real. Vila Viçosa é conhecida pelo abundância de mármore na região, pois é extraído e explorado a partir de mais de 160 pedreiras, sendo internacionalmente conhecido (sobretudo o rosa). Estes são os melhores locais para visitar em Vila Viçosa."

Fotos: Alcáçovas Outdoor
Texto: https://www.vortexmag.net/

Dica: Para uma refeição acessível ás carteiras dos peregrinos, aconselhamos o Restaurante da Associação Columbófila...

sábado, 22 de fevereiro de 2020

PR6 CVD (Castelo de Vide)

















Bom Trabalho !...
Mais um caminho pedestre sinalizado...
Desta vez, é em Castelo de Vide, o 6º percurso neste concelho...
O Pedestrianismo está, finalmente, a surgir em força no Alentejo.
E as pequenas vilas e aldeias alentejanas agradecem...